Centro Brasileiro de Pesquisa Aplicada à Primeira Infância apoiado pela FAPESP conta com participação de professora da FMRP

O Centro Brasileiro de Pesquisa Aplicada à Primeira Infância (CPAPI), lançado no dia 3 de fevereiro, conta com a participação da professora Maria Beatriz Martins Linhares da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP entre os pesquisadores principais. O Centro tem como objetivo central desenvolver pesquisas voltadas para a melhoria da saúde, desenvolvimento e qualidade de vida das crianças na fase da primeira infância, que é de 0 a 6 anos. O CPAPI é financiado pela FAPESP em parceria com a Fundação Maria Cecília Souto Vidigal com previsão de longo prazo, ou seja, 10 anos.

O Centro visa construir um espaço de diálogo com a sociedade para o embasamento de políticas públicas e práticas profissionais na área da primeira infância pautado em evidências científicas. O componente de pesquisa do CPAPI tem como foco principal mensurar o desenvolvimento infantil com diversas formas e desenhar intervenções para melhorar a eficiência dos programas brasileiros de visitas domiciliares, as habilidades parentais para promover o cuidado integral e as visitas dos agentes comunitários de saúde. As intervenções serão avaliadas usando ensaios randomizados controlados. Além disso, seguirá coortes de recém-nascidos em municípios selecionados do Estado de São Paulo. Os dados sobre desenvolvimento infantil registrados na Caderneta de Saúde da Criança serão combinados com dados obtidos por meio de instrumentos validados e padronizados de avaliação do desenvolvimento. Simultaneamente, será realizada a coleta de medidas biológicas, tais como: padrões de sono, redes neurais, risco poligênico e marcadores epigenéticos. O conjunto de indicadores e marcadores avaliados serão correlacionados e utilizados para previsão de desfechos de aprendizado e saúde das crianças.

O CPAPI foi concebido no contexto do Núcleo Ciência Pela Infância (NCPI), que é uma inciativa com caráter multidisciplinar e interinstitucional, que reúne pesquisadores de diversas áreas (Economia, Medicina, Psicologia, Enfermagem, Educação), atuantes em diferentes instituições universitárias e de pesquisa do Brasil. O NCPI conta com o apoio  da Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal, Porticus, Fundação Bernard van Leer, Harvard Center on the Developing Child, David Rockefeller Center for Latin American Studies, INSPER e  Faculdade de Medicina (FM) da USP.

Confira mais informações neste link.

Sobre o lançamento do CPAPI

O lançamento contou com um painel temático com quatro professores sobre “Desafios brasileiros e perspectivas globais para o Desenvolvimento Infantil”. O evento aconteceu de forma remota, em inglês e foi transmitido via Youtube, com tradução simultânea e intérprete de Libras. Confira mais informações sobre o lançamento neste link e assista ao conteúdo em inglês neste link. O CPAPI é coordenado por Naercio Menezes Filho (Insper e FEA-USP) e conta com o grupo de pesquisadores principais: Anna Maria Chiesa (EE-USP), Daniel D. dos Santos (FEARP-USP), Helena Brentani (FM-USP), Maria Beatriz Martins Linhares (FMRP-USP) e Rogerio Lerner (IP-USP)

Sobre a professora Maria Beatriz

Maria Beatriz Martins Linhares é psicóloga especialista em Desenvolvimento da criança, Psicologia Clínica Infantil e Psicologia Hospitalar e Professora Associada Sênior do Departamento de Neurociências e Ciências do Comportamento da FMRP-USP, Coordenadora do Laboratório de Pesquisa em Prevenção em Problemas de Desenvolvimento e Comportamento da Criança (LAPREDES), Orientadora do Programa de Pós-graduação em Saúde Mental da FMRP-USP, Bolsista de Produtividade do CNPq – nível 1-A e Membro do Comitê Científico do NCPI. No CPAPI (FAPESP/FMCSV) ocupa a posição de pesquisadora principal e coordenadora da área de Difusão e Disseminação de Conhecimentos.