You are currently viewing Aplicativo que analisa radiografia evolui e identifica outras doenças além da covid-19
Arte de Camila Paim/ Jornal da USP sobre ícones Freepik

Aplicativo que analisa radiografia evolui e identifica outras doenças além da covid-19

Arte de Camila Paim/ Jornal da USP sobre ícones Freepik
Arte de Camila Paim/ Jornal da USP sobre ícones Freepik

Em tempos de pandemia de covid-19, encontrar ferramentas para identificar mais rapidamente esta e outras doenças tem desafiado pesquisadores do mundo todo. Pois foi neste cenário que surgiu o aplicativo Marie. Desenvolvido por pesquisadores da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP) da USP e do Supera Parque de Inovação e Tecnologia, ele é capaz de identificar a covid-19 por meio de uma simples radiografia. O Marie está em testes e já apresenta resultados positivos, conta a bioinformata Paula Cristina dos Santos, uma das responsáveis pelo aplicativo e formada pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP . O projeto acaba de receber a Menção Honrosa na categoria Pesquisador Sênior do Prêmio Mercosul de Ciência e Tecnologia, edição 2020.

Com os estudos, usando o novo sistema, a equipe de pesquisadores tem identificado várias demarcações para além da região pulmonar, o que, garante Paula, “é interessante para a evolução desses algoritmos e até mesmo entender melhor as patologias, seja a covid-19, a tuberculose, o H1N1, doenças que também são detectadas pela plataforma”. O aplicativo, que fazia apenas uma leitura de radiografia do pulmão, agora permite aos médicos descrever sinais ou sintomas, sendo “extremamente importante, porque vai contabilizar internamente o peso de cada um dos sintomas”, antecipa a pesquisadora.

Confira a matéria completa neste link.

Fonte: Jornal da USP