You are currently viewing Professores aposentados e a importante contribuição para o meio acadêmico

Professores aposentados e a importante contribuição para o meio acadêmico

A valorização dos funcionários que dedicaram grande parte de suas vidas para o trabalho é um dos pilares da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP. Afinal, funcionários técnico-administrativos e professores são bases fundamentais para a formação de profissionais da área da saúde e para o funcionamento dos trabalhos realizados para a comunidade interna e externa.

Em 2020, a Unidade destaca a grande contribuição acadêmica dos sete professores aposentados, são eles:

  • Aderson Tadeu Berezowski do Departamento de Ginecologia e Obstetrícia
  • Claudia Maria de Felicio do Departamento de Oftalmologia, Otorrinolaringologia e Cirurgia de Cabeça e Pescoço
  • Gustavo Ballejo Oliveira do Departamento de Farmacologia
  • Jacqueline Pontes Monteiro do Departamento de Puericultura e Pediatria
  • Maria Celia Jamur do Departamento de Biologia Celular e Molecular e Bioagentes Patogênicos
  • Maria de Lourdes Veronese Rodrigues do Departamento de Oftalmologia, Otorrinolaringologia e Cirurgia de Cabeça e Pescoço
  • Orlando de Castro e Silva Júnior do Departamento de Cirurgia e Anatomia

O diretor professor Rui Alberto Ferriani e o vice-diretor professor Jorge Elias Júnior, ambos da FMRP, afirmam que os docentes aposentados encerram a trajetória com um enorme agradecimento da Diretoria da Unidade por toda a dedicação e empenho para a pesquisa e ensino.

Aposentadoria e o reinício da carreira para os professores seniores

A população mundial está envelhecendo e o desejo de alcançar a longevidade com saúde já é uma realidade. Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontam um aumento de mais de 30 anos para a expectativa de vida da população brasileira desde 1940.

O estilo de vida com alimentação balanceada e prática de atividades físicas regulares alinhado ao avanço da tecnologia proporcionam um aumento no tempo de carreira. Neste sentido, a Universidade de São Paulo possui o Programa de Professor Sênior para docentes continuarem exercendo atividades de ensino, pesquisa e extensão após a aposentadoria.

Resolução nº 6073 de 2012 proporcionou a opção de continuidade das atividades para profissionais que desejam continuar com a carreira profissional. Um exemplo de longevidade ativa é a professora Maria de Lourdes Veronese Rodrigues do Departamento de Oftalmologia, Otorrinolaringologia e Cirurgia de Cabeça e Pescoço (ROO) da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP.

Maria de Lourdes Veronese Rodrigues

Maria de Lourdes continuará desenvolvendo projetos na Comissão de Cultura e Extensão Universitária (CCEx). “Estou muito otimista, pois continuarei trabalhando com amigos queridos, em um ambiente tão acolhedor quanto os que tive nos Departamentos ROO e de Ciências da Saúde. Meu projeto tem três vertentes principais: apoio às atividades da CCEx, montagem de exposição fotográfica em comemoração aos 70 anos da FMRP e continuação do registro da história de nossa amada Escola na 4ª Década”, conta a professora.

E para a CCEx, receber a contribuição da docente é um privilégio. “Ela é um modelo de respeito, humanidade, gentileza, empenho, cuidado e de pertencimento institucional. Estou muito feliz e é um privilégio para nós receber o projeto de docente sênior de uma inspiração na nossa vida”, conta a professora Maria Paula Panúncio Pinto, que é presidente da Comissão.

A professora sênior possui graduação em Medicina pela Universidade Federal de Santa Maria e doutorado em Oftalmologia pela Unidade. Na FMRP, foi chefe do Departamento de Oftalmologia, Otorrinolaringologia e Cirurgia de Cabeça e Pescoço, presidente da CCEx e chefe do Departamento de Ciências da Saúde.

A carreira conta com mais de 80 participações em bancas, cerca de 70 alunos orientados e 165 produções bibliográficas. Além disso, participou da elaboração dos livros A culinária da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto em 2007 e Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto – USP Primeiras Décadas em 2018.

No início de dezembro, professores e funcionários técnico-administrativos realizaram uma reunião virtual para homenagear a trajetória profissional da professora Maria de Lourdes. Na cerimônia, ela foi presenteada com depoimentos emocionados de lembranças e agradecimento.