Você está visualizando atualmente Projeto da FMRP divulga conhecimentos de Informática Biomédica para alunos do ensino médio e população geral
Foto: Divulgação

Projeto da FMRP divulga conhecimentos de Informática Biomédica para alunos do ensino médio e população geral

O “Conexão Informática Biomédica” é desenvolvido pelo Departamento de Medicina Social da FMRP; próximos encontros acontecem nos dias 20 e 23 de setembro

Com o objetivo de divulgar conhecimentos da área de informática biomédica para alunos do ensino médio, professores e população, o projeto “Conexão Informática Biomédica”, desenvolvido pelo Departamento de Medicina Social da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP tem dois encontros marcados para este mês, nos dias 20 e 23.

Nesta quarta-feira, dia 20, o projeto será realizado no Curso Cora Coralina. O encontro acontece às 18h, no Bloco Didático da FMRP. Já no sábado, dia 23, o Conexão Informática Biomédica chega a Biblioteca Sinhá Junqueira (rua Duque de Caxias, 547), a partir das 10h.

Participam da atividade alunos do curso de Graduação em Informática Biomédica de vários semestres e bolsistas | Foto: Divulgação

O projeto

O projeto atende esse público nas próprias escolas, bibliotecas, cursinhos e empresas da região, mediante agendamento, e é coordenado pela professora Maria Cristiane Barbosa Galvão, do Departamento de Medicina Social da FMRP-USP. “Existe uma carência internacional de Informatas Biomédicos. Logo, a graduação em Informática Biomédica pode ser uma ótima oportunidade para uma colocação futura no mercado de trabalho”, explica a docente.

Na atividade, são apresentadas as várias áreas de atuação do Informata Biomédico por meio de conversas e brincadeiras, incluindo explicações básicas sobre a bioinformática e genética, processamento de imagens médicas, bioengenharia e saúde digital. O projeto também é aberto para escolas, cursinhos e empresas. Os interessados podem entrar em contato pelo e-mail mgalvao@usp.br.

O projeto é coordenado pela professora Maria Cristiane Barbosa Galvão, do Departamento de Medicina Social da FMRP | Foto: Divulgação