Medicina

CoC | Projeto Político PedagógicoEstrutura Curricular | Calendários | Roteiros de Aulas

O que é Medicina?

É uma ciência que engloba a prevenção, tratamento e atenuação das doenças e condições e distúrbios que afetam o organismo Humano. A Medicina atualmente tem ao seu lado a mais alta tecnologia na área de equipamentos e recursos terapêuticos, mas ao médico não cabe esquecer do conceito ampliado de saúde, que é o bem estar físico, psico e social, a medicina atual está comprometida com a humanização dos serviços e com atenção integral ao cidadão.

1. O profissional médico

O médico é o ser humano com aptidões para a atenção integral à saúde das pessoas e das populações, sendo tecnicamente capacitado para a promoção da saúde. Está legalmente habilitado para atuar na sociedade como agente profissional da Medicina – o que lhe assegura o direito de praticar todos os atos que a legislação permite ou o obriga (Conselho Federal de Medicina – CFM). 

2. Campos de atuação

A atividade médica é ampla em todos os segmentos envolvidos na promoção da saúde, o médico é responsável pelo diagnóstico e tratamento de pessoas enfermas, assim como a prevenção, manutenção e reabilitação em saúde. Pode exercer essas atividades tanto na rede pública de saúde do país, nos convênios médicos, em consultório particular, em empresas privadas e indústrias ou em estabelecimentos de pesquisa e ensino superior como Universidades.

3. Medicina na FMRP-USP

A Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto-USP, que admite 100 alunos por ano, em curso de período integral, de 6 anos de duração, completou 61 anos em maio de 2013, ao longo de sua história foi construído um conceituado centro formador de profissionais da área de saúde, totalizando mais de 4500 médicos graduados. Além da graduação é uma escola com curso de Pós-Graduação senso estrito (Mestrado e Doutorado) com 17 áreas de concentração com mais de 990 estudantes matriculados, e Pós-Graduação senso lato, ou seja, a chamada Residência, com 38 diferentes programas por onde se distribuem 618 médicos, além de 25 programas de aprimoramento e residências para 90 profissionais de outras áreas da saúde.

O Conselho Nacional de Educação – CNE em 2001 estabeleceu que “O Curso de Graduação em Medicina tem como perfil do formando egresso/profissional o médico”.

O perfil do profissional médico que a instituição espera formar é de um profissional “com formação generalista, humanista, crítica e reflexiva. Deve estar capacitado a atuar, pautado em princípios éticos, no processo de saúde-doença em seus diferentes níveis de atenção, com ações de promoção, prevenção, recuperação e reabilitação à saúde, na perspectiva da integralidade da assistência, com senso de responsabilidade social e compromisso com a cidadania, como promotor da saúde integral do ser humano” com domínio de conhecimentos, habilidades, competências e atitudes essenciais para o exercício adequado da profissão, com postura ética e preparo para lidar com a diversidade cultural, social e econômica de indivíduos e grupos. A FMRP-USP visa formar um profissional que saiba interpretar e intervir na realidade social do país.

O aprendizado e o treinamento para o exercício profissional são realizados nos diversos cenários dentro e fora do Campus da USP de Ribeirão Preto, sempre contando com salas equipadas com modernos equipamentos didáticos, amplos laboratórios de anatomia, microscopia, bioquímica, patologia, de habilidades e de técnicas cirúrgicas. Os atendimentos de nível primário são realizados em unidades de saúde “extra-muros”, vinculadas à USP e os casos de complexidade de nível secundário em unidades de atenção secundária ou mista como a Maternidade “Mater“ (45 leitos), o Centro de Saúde-Escola (196.000 atendimentos/ano), o Hospital Estadual de Ribeirão Preto (50 leitos) e o Hospital Estadual de Américo Brasiliense (128 leitos). O Hospital das Clínicas, responsável pelo atendimento de nível terciário, conta com 674 leitos, e representa o maior hospital público do interior do Estado de São Paulo, onde são realizados, por ano, 475.801 consultas, 28.347 cirurgias, 23.078 internações, 1.700.000 exames laboratoriais e 400 transfusões sanguíneas. As urgências e emergências da região, dentro do Sistema Único de Saúde – SUS, são atendidas na Unidade de Emergência (204 leitos), representando 41.148 pacientes por ano.

Os alunos dos cursos de graduação da FMRP-USP dispõem de vasta rede de suporte pessoal, que inclui serviços de transporte e alimentação subsidiados, recursos de informática, rico acervo de livros e periódicos na Biblioteca Central, programa de bolsas de iniciação científica, programas de apoio à participação em eventos no Brasil e no Exterior, assistência à saúde, bem como oportunidades de participação em atividades esportivas e culturais. Os estudantes com necessidades podem, ainda, dispor de alojamento ou auxílio-moradia e pleitear outras modalidades de assistência social.

A Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto-USP possui um Centro de Apoio Psicológico e Psicopedagógico – CAEP que oferece atendimento psicológico e psicopedagógico aos estudantes com dificuldades iniciais para adaptação em um novo ambiente físico e social, e auxílio em questões voltadas para dúvidas vocacionais. Desta forma, é num ambiente educacional de inovações e pioneirismo no desenvolvimento de técnicas e pesquisas, composto por infra-estrutura apropriada, corpo docente qualificado, alunos motivados ao aprendizado e envolvidos também com atividades político-social e humanísticas, que é feita a complementação da formação integral do estudante de Medicina da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto-USP.

 

Como está estruturado o curso de Medicina na FMRP?

Etapa Básica – 2 anos dedicados ao estudo da estrutura macroscópica e microscópica do corpo humano, do seu desenvolvimento e funcionamento, pertinentes às ciências biológicas importantes para o médico. O estudante é inserido precocemente em cenários da atuação médica no nível primário de atenção a saúde. Ao final são introduzidos os conteúdos de comunicação com o paciente e seus familiares, psicologia médica e conhecimento da infecção hospitalar articulados aos eixos longitudinais de Atenção à Saúde da Comunidade, Bioética e Formação Humanística em saúde, emergências médicas e formação complementar evoluindo às etapas de aplicação e estágios do internato.

Etapa Clínica – 2 anos com ênfase no aprendizado das ciências médicas, permitindo a compreensão de processos que levam à doença, sua prevenção, diagnóstico, tratamento e reabilitação para a criança, adolescente, adulto, mulher e idoso. O estudante terá contato com a Semiologia Geral e Especializada, Ciências das Imagens, Clínica Médica, Pediatria, Ginecologia e Obstetrícia, Cirurgia, Saúde Mental, Genética Médica, Anestesiologia, Medicina Legal; disciplinas dos sistemas Cardiovascular, Respiratório, Digestivo, Gênito-urinário, Nervoso, Oftalmologia, Otorrinolaringologia e Cirurgia da Cabeça e do Pescoço e Ósteo-Muscular, com prática intensiva e plantões em ambientes de atendimento nas áreas gerais da medicina na disciplina de Treinamento em Serviço.

Internato – 2 anos. Etapa final do curso visa o treinamento supervisionado para o exercício profissional, nas áreas de prática geral da Medicina, em ambientes de atenção à saúde nos níveis primário, secundário e terciário, estágios de treinamento em práticas de atenção integral á saúde em comunidades rural, centros urbanos de menor porte e de maior porte, na cidade de Ribeirão Preto. Os estágios ocorrem nas áreas de Clínica Médica, Pediatria, Ginecologia e Obstetrícia, Cirurgia e Medicina Comunitária, com atividades em Unidades de Saúde Primária e Secundária, Maternidade e Hospital secundário e terciário (HCRP).

Eixos longitudinais de formação: bioética e formação humanística em saúde, atenção à saúde da família e da comunidade, emergências médicas e formação complementar.

 

Quais são os objetivos da formação em Medicina na FMRP?

Relacionar-se com os pacientes de modo a percebê-los como unidade física, mental e social e conduzir-se estritamente dentro da lei e da ética profissional, visando uma formação humanista. Reconhecer a saúde como estado de bem estar físico, psíquico e social e dependente de condições ambientais favoráveis. Aplicar de forma correta e sistemática os procedimentos rotineiros que conduzem ao diagnóstico e interpretar adequadamente os dados obtidos. Indicar e executar, corretamente, as medidas terapêuticas não especializadas, para as doenças de maior prevalência em nosso meio, bem como dos estados que colocam a vida em risco iminente. Contribuir para a promoção da saúde e prevenção das doenças. Reconhecer a posição que ocupará no sistema de saúde do país e avaliar, com sentido crítico, como esse sistema atua na solução dos problemas de saúde da população brasileira. Adquirir, continuadamente, informações relevantes à prática médica, de modo a garantir a atualização profissional, através da utilização de recursos de aprendizagem e de análise crítica de comunicações científicas.  Contribuir para o avanço do conhecimento, realizando observações originais, sistematizando sua experiência pessoal e relatando-as apropriadamente, à comunidade médica.

  1. (campo obrigatório)
  2. (informe um e-mail válido)
  3. (campo obrigatório)
  4. (campo obrigatório)
 

cforms contact form by delicious:days

Home      Voltar
Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - USP

Av. Bandeirantes, 3900 - Monte Alegre - CEP: 14049-900 Ribeirão Preto/SP.

acesse nossas comunidades face-logo twitter-logologo1

Desenvolvido por Xpirit