Programa gratuito para análise de variabilidade cardiocirculatória

CardioSeries_001123CardioSeries analisa séries com valores de pressão arterial, frequência cardíaca e intervalo de pulso e permite a avaliação precisa dos mecanismos de controle do sistema cardiovascular

Pesquisador da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP desenvolve programa de computador que faz análise da variabilidade cardiocirculatória, o CardioSeries. Apesar da existência de similares, este programa computacional desenvolvido na USP é gratuito, além de ser de fácil manuseio e possibilitar a análise pareada da variabilidade da pressão arterial e da frequência cardíaca/intervalo de pulso.

Segundo Daniel Penteado Martins Dias, pós-doutorando do Departamento de Fisiologia da FMRP, idealizador do programa, o estudo da variabilidade cardiocirculatória permite a análise de alguns dos mecanismos que regulam a ritmicidade cardíaca e a vasomotricidade. “O sistema cardiovascular tem alguns mecanismos de controle que atuam, momento-a-momento, monitorando os níveis de pressão arterial e promovendo alterações na frequência cardíaca. O estudo da variabilidade cardiocirculatória permite a avaliação precisa deste controle”.

Laboratórios de pesquisa em fisiologia cardiovascular, academias esportivas, divisões de cardiologia de hospitais são alguns dos locais que podem utilizar o CardioSeries. “O funcionamento do programa é simples, coleta-se os dados a partir de um registro de eletrocardiograma ou de pressão arterial pulsátil, gera-se séries temporais e o CardioSeries processa estes valores de forma rápida e eficaz”, explica o idealizador do programa, Daniel Penteado Martins Dias, pós-doutorando do Departamento de Fisiologia da FMRP.

O CardioSeries utiliza um algoritmo que identifica e quantifica flutuações em séries de valores de pressão arterial e frequência cardíaca/intervalo de pulso. “Os parâmetros cardiovasculares flutuam batimento-a-batimento, mas a olho nu não é possível avaliar com precisão essas flutuações. Por isso precisamos fazer um registro computacional e aí sim proceder com a análise dos dados”, explica o pesquisador.

Durante o registro de parâmetros cardiovasculares, tanto no âmbito clínico como experimental, podem ocorrer perturbações no sistema que resultam em valores que fogem da normalidade e que irão afetar negativamente a análise dos dados, os chamados transientes ou artefatos. O pesquisador assegura que o programa CardioSeries é capaz de remover facilmente esses artefatos. “Esse é um dos diferenciais do programa: é possível identificar e retirar, ao simples clique do mouse, um trecho com transientes. É importante remover este tipo de valor para que a análise seja feita de forma adequada”.

O estudo da variabilidade cardiocirculatória pode auxiliar na predição de risco cardiovascular em diversas populações, entre elas pacientes com doenças cardiocirculatórias. Segundo Daniel Penteado, com os mecanismos de controle cardiovascular atuando de forma adequada, devemos ter uma alta variabilidade da frequência cardíaca e baixa variabilidade da pressão arterial.

CardioSeries – O software está disponível gratuitamente na internet, no endereço http://www.danielpenteado.com. É necessário apenas fazer um cadastro. Atualmente, o site possui mais de 200 pessoas registradas do Brasil e fora do país. “É importante esse registro, porque assim avisamos os usuários quando houver novas atualizações do programa”, lembra Daniel Penteado. O programa só possui versão em inglês.

Mais informações: email danielpenteado@gmail.com

Referência:Portal de Informações da USP – Ribeirão Preto – Por: Hérika Dias

Home      Voltar
Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - USP

Av. Bandeirantes, 3900 - Monte Alegre - CEP: 14049-900 Ribeirão Preto/SP.

acesse nossas comunidades logo_face  logo_tw  stoa-logo-white AlumniUSPTV_Complexo0 

Desenvolvido por Xpirit