Pesquisadores do Hemocentro RP desenvolvem kit nacional para exame confirmatório de HTLV

frente do Hemocentro

O primeiro kit nacional de diagnóstico molecular para confirmação de infecção pelo retrovírus HTLV I e II entrou em sua última fase de testes. Serão realizados testes complementares com amostras de sangue junto às rotinas no Hemocentro de Ribeirão Preto, Fiocruz (Bahia) e Instituto Nacional de Medicina Tropical, em São Paulo.

Até agora, o produto, desenvolvido por pesquisadores do Centro de Terapia Celular (CTC) do Hemocentro de Ribeirão Preto, apresentou ótimo desempenho: “Depois desse último teste, o kit estará pronto para ser licenciado”, explicou o pesquisador Mauricio Rocha. A pesquisa foi financiada pela FINEP e a bolsa de doutorado do pesquisador foi fornecida pela FAPESP.

Para a pesquisadora Simone Kashima, “o kit tem um grande mercado por ter alta sensibilidade e especificidade, pode ser usado na rotina para o diagnóstico confirmatório do HTLV e apresentar custo menor do que o teste sorológico atualmente empregado”. A previsão é de preço para o kit nacional é de R$ 16,00, enquanto importado é de R$ 170,00. “Agora precisamos encontrar uma empresa que queira produzi-lo em escala industrial”, explicou. A pesquisa foi coordenada pelo professor da FMRP-USP, Dimas Tadeu Covas.

HTLV – Ocorre com maior frequência no Japão, Caribe e África. O Brasil tem cerca de 2,5 milhões de pessoas infectadas pelo HTLV, o que torna o país com maior número de pessoas infectadas do mundo. A infecção ocorre com maior frequência nos estados da Bahia (9,4 casos em 1.000), Maranhão e Pará. 5% dos casos diagnosticados com vírus desenvolvem doenças relacionadas.

Referência: Assessoria de Imprensa Hemocentro Ribeirão Preto

Home      Voltar
Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - USP

Av. Bandeirantes, 3900 - Monte Alegre - CEP: 14049-900 Ribeirão Preto/SP.

acesse nossas comunidades logo_face  logo_tw  stoa-logo-white AlumniUSPTV_Complexo0 

Desenvolvido por Xpirit