FMRP-USP inicia discussões sobre as novas Diretrizes Curriculares do Curso de Graduação em Medicina

img_1203008210_278_lg

A Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo – FMRP-USP iniciou as discussões sobre as novas Diretrizes Curriculares Nacionais (DCNs) do Curso de Graduação em Medicina, instituídas pela Resolução nº 3 da Câmara de Educação Superior do Conselho Nacional de Educação, publicada em 20 de junho de 2014.

Em evento realizado em 01/09/2014, coordenado pelo Diretor da FMRP-USP, Prof. Dr. Carlos Gilberto Carlotti Júnior, que contou com a participação de docentes do Curso de Medicina, foram apresentadas as novas Diretrizes Curriculares e o impacto das mesmas na estrutura curricular do Curso de Graduação em Medicina.

A Presidente da Comissão de Graduação da FMRP-USP, Profª Drª Lucila Elias, destacou as principais mudanças, dentre elas o estágio obrigatório no Sistema Único de Saúde (SUS), na atenção básica e no serviço de urgência e emergência, que deverá ter carga horária mínima de  30% prevista para o internato,  oferta de vagas de Residência Médica equivalentes ao número de egressos dos cursos de graduação em Medicina a partir de 2018; instituição da avaliação específica do estudante do Curso de Graduação em Medicina, a cada 2 (dois) anos, devendo ser implantada em 2 (dois) anos. Essa avaliação é de caráter obrigatório,  e será considerada como parte do processo de classificação para os exames dos programas de Residência Médica, credenciados pela Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM).

A estrutura curricular do Curso de Medicina da FMRP-USP, cuja última reformulação foi completada em 2013, oferece no seu internato como campo de treinamento na atenção básica e em urgência e emergência no SUS com uma carga acima de 30%, antecipando-se às exigências atuais das DCN 2014,

Deve-se destacar que a interação do ensino de graduação do Curso de Medicina com a comunidade remonta os primórdios da criação do Curso. Um exemplo disso é o estágio rural programado para doutorandos, que proporciona assistência médica à comunidade de Cássia dos Coqueiros, no Centro Médico Social Comunitário “Pedreira de Freitas”, desde 1964. Atualmente, além de Cássia dos Coqueiros, os estágios são realizados no Centro de Saúde Escola Dr. Joel Domingos Machado (Posto Cuiabá), Centro Médico Social Comunitário Vila Lobato, Hospital Estadual de Ribeirão Preto, Hospital Estadual Américo Brasiliense, Centro de Referência da Saúde da Mulher de Ribeirão Preto – MATER, além de oito Núcleos de Saúde da Família e, futuramente, no Hospital Estadual de Serrana, que deverá ser inaugurado em 2015.

Para os cursos de medicina em funcionamento, as adequações curriculares deverão ser implantadas até 2018. Os estudantes matriculados, antes da vigência das novas regras, poderão graduar-se conforme as diretrizes de 2001 ou optar pelas novas, dependendo da instituição.

Com relação à residência médica, além da oferta de vagas em número equivalente ao número de egressos a partir de 2018,  de acordo com a Lei No. 12.871, de 22 de outubro de 2013, para ingresso nos Programas de Residência em Clínica Médica, Pediatria, Ginecologia e Obstetrícia, Cirurgia Geral, Psiquiatria e Medicina Preventiva e Social, será obrigatória a realização de um ano no Programa de Residência em Medicina Geral de Família e Comunidade.

Acesse a resolução completa: RESOLUÇÃO

Assista a entrevista da Profª Drª Lucila Elias, Presidente da Comissão de Graduação da FMRPUSP,  no Jornal Eletrônico do Complexo Acadêmico de Saúde – FMRP – HCFMRP – FAEPA em “Vídeos em Destaque”  http://jornal.fmrp.usp.br/  ou acesse o nosso canal no YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCPctDchzwhhDPLiJS-S3Kmg/feed

Referência: Jornal Eletrônico do Complexo Acadêmico de Saúde – FMRP – HCFMRP – FAEPA – Por: Célia Bíscaro

Home      Voltar
Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - USP

Av. Bandeirantes, 3900 - Monte Alegre - CEP: 14049-900 Ribeirão Preto/SP.

acesse nossas comunidades logo_face  logo_tw  stoa-logo-white AlumniUSPTV_Complexo0 

Desenvolvido por Xpirit